Comunicação |

Notícias

Marcela aposta na polivalência para ajudar o Náutico em campo

30/09/2020 ás 12:25 - Quarta
Matheus Cunha / Comunicação CNC
Imagem
Crédito: Fernanda Acioly

A volante Marcela se acostumou a não ter posição fixa dentro do elenco alvirrubro. Cabeça de área de origem, a pernambucana atua também como lateral e zagueira sempre que acionada pelo técnico Jeronson França. Polivalência necessária para ajudar o Náutico na disputa do Brasileirão A2 Feminino.

"Jera (como é chamado o treinador) sempre me improvisa quando necessário. Jogo de volante, lateral e zagueira quando for preciso", brinca a jogadora.

Marcela está na sua segunda passagem pelo Timbu. A primeira foi em 2014, quando chegou emprestada pelo América/PE. Retornou ao clube em 2016 para não sair mais. Carrega consigo o status de uma das mais experientes e líderes do grupo alvirrubro.

"Eu sou uma das cabeças do elenco. A gente sempre busca estar incentivando as mais novas. Dando conselhos e orientando antes, durante e depois dos treinos", completa.

Marcela não poderá disputar o jogo contra o Sport, no próximo dia 25 de outubro, na retomada do Brasileirão A2. Ela foi expulsa na estreia, contra o Auto Esporte/PB, ainda em março.

"Tivemos um vacilo dentro de casa na estreia e acabamos perdendo. Estamos trabalhando duro para estarmos prontas nesta retomada", analisa.

"O que a torcida do Náutico pode esperar da gente é muito trabalho e compromisso. Respeitamos as cores e a história do clube. Entramos em campo para honrar a camisa e torcida", conclui.

Outras notícias