Comunicação |

Notícias

Hereda fala em se adaptar a nova realidade do futebol

25/06/2020 ás 19:36 - Quinta
Luís Henrique Charamba / Comunicação CNC
Imagem
Crédito: Caio Falcão / Comunicação CNC

Após praticamente três meses cumprindo as medidas de segurança contra o novo coronavírus e sem treinos no CT do Náutico, o lateral Hereda não esconde a felicidade de voltar aos treinamentos no clube. Mas, se por um lado a saudade era grande, por outro o jogador disse ter aprendido com a situação.

“Acho que o que mais sentimos falta é da rotina, da resenha, de todo mundo estar junto, dos treinos e dos jogos também, mas acredito que foi bom pro lado pessoal. Eu aprendi bastante, fiquei próximo da minha família, dos meus amigos e pude aproveitar também esse tempo, mas foi muito difícil, é um momento muito difícil”, afirmou.

Se foi preciso lidar com a saudade dos treinos, quando os jogos começarem será fundamental se acostumar com a falta de outro elemento fundamental na rotina do jogador de futebol: a torcida. Com a tendência de partidas sem a presença do torcedor, os atletas passarão por uma nova adaptação.

“Com certeza vai ser mais um período para a gente se adaptar. A torcida faz uma diferença enorme no campo, sempre vibrando e gritando, mas a gente sabe que é pelo bem maior, então temos que nos acostumar também”, falou Hereda.

Outras notícias