Comunicação |

Notícias

Buscar notícia

Procurar

Na base da raça e com gol no final de Vinícius, Náutico vence Brasil-RS

07/09/2017 ás 00:36 - Quinta
Imagem

O futebol pode não ter sido dos melhores, mas não faltou raça, sobrou disposição e a vitória foi conquistada com muita emoção. Com um gol marcado por Vinícius aos 42 minutos do segundo tempo, o Timbu derrotou o Brasil-RS por 1x0, na noite desta quarta-feira (6), na Arena de Pernambuco. Com o triunfo, o Alvirrubro chegou aos 20 pontos e diminuiu a distância para sair da zona de rebaixamento. O próximo desafio será contra o Oeste-SP, no dia 16 de setembro, às 16h30, na Arena Barueri.

Como esperado, o duelo começou muito disputado. Aos três minutos, Bruno Mota arriscou de fora de área e quase abriu o placar. Em seguida, o adversário começou a equilibrar as ações e apostou nos contra-ataques para chegar com perigo. Foram duas chances criadas, mas sem sucesso. Por outro lado, o Timbu teve dificuldades para furar o bloqueio gaúcho e a partida foi para o intervalo no 0x0.

Na volta para a etapa complementar, Roberto Fernandes colocou Iago Silva no lugar de Giovanni para ter um homem a mais no ataque e ter intensidade no último terço do campo. No entanto, a equipe alvirrubra seguiu tendo problemas no setor de meio-campo para marcar e criar as jogadas. Para corrigir este problema, Willian Schuster substituiu Bruno Mota e foi assim que o Náutico voltou a se impor em campo.

Mas, embora tenha melhorado, o Timbu desperdiçou algumas oportunidades. A mais clara aconteceu após o cruzamento de Ávila para a cabeçada de Willian Schuster. A bola caprichosamente raspou a trave esquerda do goleiro. Porém, os alvirrubros não desistiram e lutaram até o final. A recompensa veio aos 42 minutos. Iago Silva arrancou em velocidade e chutou, o goleiro espalmou e Vinicius apenas empurrou para o fundo das redes fazendo a alegria da torcida na Arena de Pernambuco. Nos instantes finais, Jefferson ainda fez uma grande defesa para garantir mais uma vitória em busca da saída da zona de rebaixamento.

Clauber Santana / Comunicação CNC

Outras notícias